Sobre o Blog

Blog sobre o Vale do Amanhecer, Doutrina concebida pela Espiritualidade Maior e executada por Neiva Chaves Zelaya, um Espírito de Luz Altíssima, conhecido nos Planos Superiores por Agla Koatay 108. O Vale recebe pessoas sem distinção para solução de problemas espirituais. Nada cobra de seus pacientes e nem exige frequência. Temas espirituais diversos são tratados aqui. Vicente Filgueira, Adjunto Esdalvo - Jornalista (Registro Profissional Fenaj 274/03/38§ v/DRTGo-01364-SJP)


Marcadores

29 de jan de 2013

Uma Mulher de 2 Mundos

Prefácio
Brasília, 29 de julho de 1986
Newton Rossi
Pedem-me o prefácio de “Minha Vida, Meus Amores”, a autobiografia de Tia Neiva, a clarividente que Brasília aprendeu a amar e respeitar e cuja fama ultrapassou nossas fronteiras geográficas. Li o livro de um fôlego só e revivi momentos de encantamento e saudade. Encantamento graças ao colorido, e as cores e vibrações do Vale do Amanhecer, de Mayanti, estão presentes em todas as páginas do volume, e a oportunidade que ele me deu de retomar contato com Tia Neiva, mas viva e atual do que nunca. Ela, como bem definiu o grande Guimarães Rosa, é uma dessas criaturas que não morrem, ficando encantadas “ad aeternum”.Realmente, Tia Neiva viverá sempre através dos ensinamentos por ela veiculados, a “Doutrina do Amanhecer”, mensagem de conteúdo altamente positivo.
Num estilo vivo, com momentos de humor e de emoção, a Autora nos transporta ao seu mundo e nos revela seus instantes de angustia, de perplexidade, de luta e de afirmação. Desfilam diante do leitor atento fatos marcantes na vida dessa mulher extraordinária, ex-motorista de caminhão começou em Ceres-Goiás, e no início de Brasília, e que levaram a despertar para uma vida intensa em dois planos de consciência. A terrena, ou seja, a da viúva de formação católica, sobrinha de padre e de freiras, que se vê constrangida a enfrentar preconceitos de toda espécie para poder manter com dignidade seus filhos, ao volante de pesado veículo de carga. E ela salta de suas páginas envergando seu “culote”, suas botas de cano alto, enlameadas ou empoeiradas conforme a época, sua altivez e seu desenvolto que a vida de acampamento produzia em tais circunstâncias nas pessoas nos primórdios de Brasília, com o despertar de sua clarividência.
O livro, além e ser repositório de lembranças, encerra páginas de conteúdo altamente filosófico. Os conceitos emitidos por Mãe Yara, Mãe Matildes, por Pai Seta Branca, dentre muitos mais, são verdadeiras setas de amor e luz iluminando e orientando o leitor atento nos caminhos da auto-realização crística. Mas, além do conteúdo religioso, com R maiúsculo, os diálogos entre Neiva e o Primeiro Mestre Executivo, na amurada do Radar de Comando da Unificação,com o então jovem Jaguar Nestor, impregnados de poesia e beleza transcendentais, revelam, nas entrelinhas, a “noite escura da alma” vivida pela Autora, a qual, à semelhança de Tereza d’Ávila e de João da Cruz, se via só diante dos homens na maturação de sua missão divina junto à humanidade.
A alegria de viver e a coragem de Tia Neiva ressaltam a cada parágrafo de autobiografia, ligando uma lição de amor ao Divino Peregrino, ao Divino Caminheiro, a Quem a clarividente dedicou, em juramento solene, seus olhos. A missionária à procura de seu companheiro místico, do par ideal para a consolidação da Doutrina do Jaguar, nos transmite toda uma variada gama de emoções e sentimentos, ressaltando o divino drama vivido por quem vibrava entre dois planos, entre dois mundos, o dos homens e o de Deus e dos espíritos.
Concluindo esta apresentação de “Minha Vida, Meus Amores”, só me resta dizer: leiam este comovente livro. Bebam desta água cristalina. Mergulhem fundo nesta Doutrina plena de luz e sabedoria. Reflitam-se neste espelho. Tinjam suas mentes com as cores do Conhecimento. Façam-se arautos de uma nova era, de uma era de Paz, Harmonia, de Igualdade, de Auto-realização.Debrucem-se na Estrela Candente para haurir as energias cósmicas que ela concentra. Abracem o papel de missionário de um mundo renovado pela força da razão e da fé nos ideais e nos ensinamentos de Jesus. Façam da nossa Terra um Sol".


Apresentação do livro


   “Tia Neiva” (Neiva Chaves Zelaya) é Clarividente. Sua clarividência, porém, não corresponde a mesma definição ou a ideia generalizada de como a Parapsicologia no-la apresenta. Essa quase-ciência só diz respeito à paranormalidade, que por sua vez é apenas a hipertrofia dos sentidos, efeitos da super-excitação por carência enzimática. A Parapsicologia na verdade nada tem a ver com a vida espiritual.
Tia Neiva é um Ser Crístico, uma missionária no mais amplo sentido, seguidora da escola de Francisco de Assis, mas que vive e age nestes tempos modernos, preparando o homem para o próximo Milênio. Para nós, seres comuns, é difícil, senão impossível, traçar um perfil ou definir o que é a Clarividência de Tia Neiva. Nossa mente não alcança sua fenomenologia, a não ser pelas coisas que ela se expressa ou as coisas que acontecem em torno dela. Ela vê o passado próximo e remoto, o desenrolar do presente e o futuro. Embora ela não goste de fazer profecias ela realmente é uma Profetisa.
Neiva se desdobra conscientemente e é vista em dois lugares ao mesmo tempo; ou então ela projeta a luz dos seus olhos e vê cenas distantes, descrevendo com precisão os acontecimentos. Sua maior virtude, porém é sua infinita paciência, tolerância, humildade e amor incondicional. Ela segue de perto as pegadas de Pai Seta Branca esse Mestre Universal, que também se chama Francisco de Assis, Simiromba, Kutumí e que talvez tenha mais outros nomes. Esta é sua autobiografia quase sem retoques. Nossa contribuição foi apenas de a colocar de maneira literária para que fizesse jus a melhor clareza e ela fosse melhor entendida.


Mário Sassi: Companheiro de jornada

Aviso


Este livro é comercializado exclusivamente na Lojinha Oficial do Vale do Amanhecer. Por questões de direitos autorais da Família de Tia Neiva, a obra não deve ser reproduzida. Portanto, aqui são divulgadas apenas as apresentações de Minha Vida Meus Amores